12 dicas para uma gravidez saudável

Se você está grávida ou pensando em engravidar, provavelmente já conhece um ou outro conselho básico sobre como cuidar de si mesma e do bebê na gravidez. No entanto, existem dicas que nem todas as mães conhecem, mas que podem te ajudar a garantir uma gravidez mais segura e saudável. Confira no texto a seguir nossas 12 dicas indispensáveis para qualquer mamãe. 

1 – Alimentação correta e balanceada 

Se uma boa alimentação é importante, na gravidez é mais ainda. Uma dieta saudável na gravidez não serve apenas para que você não sofra mudanças radicais no corpo, mas sim — e principalmente — para que seu bebê nasça bastante saudável. 

Então coma muitas frutas, legumes coloridos, cereais integrais, alimentos ricos em cálcio e alimentos com baixo teor de gordura saturada. Seu bebê precisa de comida saudável. 

2 – Vitaminas são essenciais 

Certifique-se de obter bastante ácido fólico e cálcio. Não sabe quem são? O Ácido fólico é aliado do cérebro, bom para o coração, turbina a imunidade e previne o câncer. Já o cálcio garante ossos fortes e um ótimo controle da pressão arterial. 

Essas e outras vitaminas e minerais podem ser encontrados em alimentos e multivitamínico padrão. Espinafre, laranja, brócolis e feijão são ricos em ácido fólico, por exemplo. 

Leite, iogurte e espinafre são embalados com cálcio. Um multivitamínico pré-natal diário, no entanto, pode ajudar a garantir que você receba a quantia certa. Consulte seu médico e saiba mais sobre essa vitamina. 

3 – Hidratação é tudo 

O corpo de uma mulher grávida precisa de mais água do que o normal. A recomendação é que beba pelo menos entre 2 a 3 litros de água por dia, entre períodos de tempo que não passem de 5 horas. Frutas e outros alimentos que são fonte de água contam para esse cálculo, no entanto você deve evitar refrigerantes e moderar no consumo de chá ou café. 

4 – Cuidado pré-natal adequado 

Receber cuidados pré-natais regulares é algo que não pode faltar para nenhuma mulher e deve ser feito por um profissional de saúde. As mães que não recebem cuidados pré-natais regulares possuem um maior risco do bebê nascer com baixo peso. Se disponível, considere o pré-natal em grupo. 

5 – Corra desses alimentos 

Se alguém aparecer com carne crua ou rara, fígado, sushi, ovos crus (também em maionese), queijos moles (feta, brie) e leite não pasteurizado, corra dela! Esses alimentos não fazem bem durante a gravidez, pois produtos animais crus e não pasteurizados podem causar intoxicação alimentar. Alguns peixes, inclusive, mesmo quando cozidos, podem ter alto teor de mercúrio. 

6 – Álcool nem pensar! 

Durante a gravidez e a amamentação, as mulheres não devem beber álcool. A ingestão de bebidas alcoólicas aumenta o risco de ter um bebê com transtorno do espectro alcoólico fetal (FASD). O FASD pode causar características faciais anormais, graves dificuldades de aprendizado e problemas comportamentais. 

O álcool pode afetar a saúde do bebê nos primeiros estágios da gravidez, antes que a mulher possa estar ciente de que está grávida. Portanto, mulheres que podem engravidar também não devem beber álcool. 

7 – Não fume 

Se fumaça fosse boa coisa não era sinal de fogo. Como você já deve imaginar, fumar não é nada saudável para você e seu feto. Isso porque aumenta o risco de SIDS (síndrome da morte súbito infantil), nascimentos prematuros, abortos espontâneos e vários outros resultados não saudáveis. 

8 – Nada de corpo mole 

O exercício diário é ótimo para a maioria das mulheres grávidas. Verifique com seu médico para descobrir o quanto de atividade física seria ideal para você e nada de ficar parada. 

9 – Tome vacina contra a gripe 

A gripe pode fazer uma mulher grávida ficar muito doente, então pergunte ao seu médico sobre a vacina contra a gripe. 

10 – Dormindo bem, que mal tem? 

O sono amplo (7 a 9 horas) é importante para você e seu bebê. Tente dormir no seu lado esquerdo para melhorar o fluxo sanguíneo para você e seu filho. 

11 – Reduza o estresse 

Reduzir o estresse é crucial para melhorar os resultados do nascimento. As mulheres grávidas devem evitar, tanto quanto puderem, situações estressantes. Recrute seus entes queridos para ajudá-la com isso. 

12 – Se puder, planeje sua gravidez 

Se você está escolhendo engravidar em um momento em que você sabe que está mais saudável, isso aumenta suas chances de ter uma gravidez e parto saudáveis. 

Isso não significa apenas que as mulheres devem se certificar de que estão saudáveis antes de engravidarem, mas também devem considerar sua idade antes de engravidar. Mães que têm filhos no início da vida (antes dos 16 anos de idade) ou com idade avançada (acima de 40 anos) correm maior risco de ter um parto prematuro. Além disso, as mulheres que engravidam de novo muito cedo (menos de 18 meses entre os nascimentos) são ainda mais propensas a ter um filho prematuro. 

Saúde é o que interessa, o resto não tem pressa. 

Seguindo essas dicas corretamente, você tem tudo para ter uma gravidez saudável e segura, garantindo para o seu bebê um futuro sem complicações. Esperamos que tenha gostado, se tiver mais dúvidas, não deixe de seguir essas dicas e não falte em suas consultas pré-natal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FacebookTwitterLinkedIn